QUEM SOMOS
APRESENTAÇÃO
NOSSO ESPAÇO
EQUIPE
PEDAGÓGICA
PROPOSTA
PEDAGÓGICA
DEPOIMENTOS
DOS PAIS
1
2
3
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Pedagogia de Projetos

Desde meados de 1997, a CASA DA TIA LÉA tem na PEDAGOGIA POR PROJETOS uma das mais importantes estratégias didáticas de sua pedagogia. Isso não é à toa. Com essa proposta supera-se uma grande lacuna da pedagogia tradicional, em que os conteúdos aparecem na maior parte das vezes dissociados da vida, sem sentido ou relação com as necessidades dos alunos.

Com a Pedagogia por Projetos, os conteúdos ganham vida e significado, porque partem de problemas reais, vivenciados por alunos e professores. Aproveita-se a curiosidade natural das crianças, potencializada pela intervenção instingante e questionadora do educador. Como consequência, acontece uma aprendizagem eficaz e muito mais prazerosa, superando os limites do currículo.

Como Acontece

  • Delimitando o objeto de estudo: O primeiro passo é escolher o tema a ser estudado. Há projetos que surgem do interesse e curiosidade dos alunos, e outros que são propostos pelo profesor ou equipe técnica da escola, tendo em vista alguma necessidade do grupo ou a abordagem de algum assunto transversal, polêmico ou de grande repercussão social;
  • Problematizando: Depois de delimitado o assunto, o professor criativamente , problematiza o tem de forma a instingar, mobilizar e envolver os alunos. Nessa fase as crianças expressam seus conhecimentos prévios (o que já sabem sobre o tema) e suas curiosidades (o que querem saber).
  • Planejando juntos e realizando as atividades do projeto: Ao planejar o projeto, o professor considera os questionamentos dos alunos, desenvolvendo com eles atividades diversificadas como pesquisas, aula de campo, experimentos, entrevistas com especialistas, escrita de textos, organização de eventos, entre outras, a fim de proporcionar descobertas e gerar situações significativas de aprendizagem. Durante as atividades, os conteúdos de matemática, linguagem, ciências naturais, sociais, etc., Vão sendo trabalhador a partir de necessidades reais com as quais os alunos vão se deparando, que exigem a mobilização desses conhecimentos. O aluno participa ativamente sugerindo situações, propondo atividades, expressando seu ponto de vista, trazendo materiais de estudo e sendo sujeito de seu processo de conhecimento.
  • Integrando a família: As famílias também são instigadas a participar através de pesquisas enviadas para casa, culminâncias, solicitações de material referentes ao tema e informativos que possibilitam o acompanhamento dos projetos em andamento.
  • Produto final ou culminância: Desde o início, alunos e professores possuem clareza dos objetivos a serem alcançados, tendo assim maior consciência do que estão ensinando e aprendendo. Portanto, o projeto é concluído com um produto final ou culminância, que tem como objetivo concretizar e sintetizar o que foi estudado, descoberto e produzido.

Resultados e Contribuições para a Aprendizagem

A partir da experiência com projetos, constatamos:

  • Mais envolvimento, prazer e interesse dos alunos, como decorrência de uma aprendizagem significativa, real e atraente;
  • Maior autonomia de alunos e professores em seu próprio processo de construção do conhecimento;
  • Maiores possibilidades de trabalho em grupo, possibilitando situações de cooperação e confrontos de pontos de vista, gerando novas situações de aprendizagem;
  • Maior compreensão dos conteúdos escolares das diversas áreas (matemática, linguagem, ciências, etc.), tendo em vista sua abordagem contextualizada.
  • Maior participação da família nas atividades da escola.
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão

INÍCIO

QUEM SOMOS

SERVIÇOS
INFORMAÇÕES
ÁREA RESTRITA

FALE CONOSCO
www.igenio.com.br